[ editar artigo]

Manifesto da Comunidade Elo

Manifesto da Comunidade Elo

Além de ler nosso manifesto, acesse nosso eBook “Minha Empresa, Meu Ministério” 

Acesse o e-book Minha Empresa Meu Ministério clicando aqui.


Este movimento surge em meio a um dos momentos mais desafiadores da sociedade moderna,  a pandemia de coronavírus. Não há dúvidas de que o mundo será outro nos próximos anos, mas não podemos perder de vista que Deus não foi surpreendido. De fato, Deus está atuando em seus planos eternos, mesmo dentro deste contexto, formando uma nova geração de empreendedores que querem atuar na missão de avançar o Reino de Deus na Terra, por meio dos negócios e do cuidado das pessoas que Ele mesmo confiou em nossas mãos.

O movimento ELO nasce, como o próprio nome sugere, pretendendo conectar empresários em todo o Brasil, colaborando com a expansão do Reino nesta área de influência da sociedade chamada Empresa, provendo conexões que ajudem empresários, pequenos ou grandes a encontrarem inspiração, exemplos, metodologia e ferramentas que os apoiem a levar adiante o seu chamado, permitindo que sua vocação seja completa e plenamente aplicável no mundo do trabalho.

Preparamos materiais, lives, mentorias, modelagens, que facilmente poderão ser aplicados na sua Organização. Além disso, engajamos mentores que possam apoiar, de forma mais prática, demandas do dia a dia, sem com isso tentar prover consultoria, pois nossa ideia de movimento, é unir e não fazer. Desta forma, tudo que você encontrar nesta comunidade, não terá como objetivo ser uma forma definitiva, mas uma inspiração para que você siga procurando a sua forma de se apropriar do seu chamado no contexto de seu trabalho. Esperamos que ao conectar você com outros empresários, você seja capaz de retirar o máximo de proveito com as trocas de experiências. Também esperamos que algumas das pessoas da nossa comunidade sejam capazes de te ajudar a dar passos mais altos, ou seja, talvez você deseje contratar algum empresário da nossa comunidade, depois de ter avaliado, buscado referências, conversado com outros empresários que utilizaram os serviços destes empresários, já que o movimento ELO não faz curadoria de serviços ou da eficácia dos atendimentos feitos pelos seus membros.

Queremos apoiar nossas Igrejas Locais a ampliarem a visão e seu papel de influenciar seus membros, empresários e profissionais liberais, a iniciarem movimentos na Igreja Local, a potencializarem sua participação ativa na sociedade e a forma como influenciam a sua Jerusalém, Judéia, Samaria e os confins da terra (Atos 1.8), afinal, como organização missionária, queremos promover este movimento com o fim de consolidar um papel importantíssimo na Grande Comissão, que todos precisam atuar para cumprir, sempre a partir da Igreja Local. Esta missão nos foi dada por Jesus, fomos co-missionados por Ele mesmo a conduzirmos nossas empresas como um ministério profícuo e de grande impacto na vida das pessoas, afinal, os negócios do Reino estão focados em pessoas, e isso é o que as empresas têm, sete dias por semana, para cuidar

Somos uma comunidade que privilegia a troca de conteúdo e não a venda de serviços, por isso, não teremos uma área de consultoria ou algo semelhante. Não somos uma empresa, não possuímos uma estrutura formal, e fazemos a curadoria de conteúdos, muito mais para preservar a cosmovisão bíblica que queremos que seja a base sólida deste movimento.

Também não somos uma organização política, ou seja, não haverá ofertas ou manifestações político-partidárias, sendo vedado a qualquer um, qualquer tipo de manifestação política neste ambiente. Caso você receba alguma exortação por ter insistido no tema, ou em qualquer tema desconexo com os objetivos do grupo, não leve como pessoal, mas teremos um grupo de curadores, que levará muito à sério este ponto. Nossa intenção é que você tenha de fato uma experiência de crescimento, por meio de conexões saudáveis e minimamente curadas, evitando que pessoas mal-intencionadas tentem tirar proveito desta comunidade.

Não trataremos de assuntos doutrinários e eclesiásticos em si, ou seja, apesar de sermos um movimento que nasce na Junta de Missões Nacionais, dos batistas da Convenção Batista Brasileira, consideramos este espaço, um lugar de trocas empresariais, permitindo a convivência ampla com todas as denominações que, de forma saudável, creem em um ministério no âmbito do mundo do trabalho, creem que empresários e profissionais liberais tem um chamado, dado por Deus, para influenciarem a nação por meio de suas empresas, com iniciativas baseadas em uma cosmovisão bíblica e, que este contexto, permite que os profissionais possam cumprir seu chamado, por meio de uma vocação legítima, cumprindo um ministério de tempo integral nas suas empresas.

Você aceita o desafio de transformar sua empresa em uma província do Reino de Deus? Onde a prioridade máxima não é comida ou bebida, ou seja, dar satisfação ao corpo apenas? Você aceita o desafio de promover justiça e transformação por meio dela? Você aceita o desafio de ser um pacificador no mercado, nas relações do trabalho, e levar seus colaboradores a sentirem a presença de Deus no dia a dia, por meio da intervenção do Espírito Santo, que quer usar você e sua empresa para cumprir um chamado? Segundo o homem mais sábio da história bíblica do antigo testamento, “a Alegria do Senhor é a nossa força”, então, ele e Paulo estavam alinhados, porque a força de que precisamos para fazer a diferença no mundo empresarial, virá da alegria que vem do Senhor, por meio do Espírito Santo.

Se você é como nós, junte-se ao Movimento ELO, divulgue esta comunidade e venha fazer parte conosco deste que será um movimento de grande impacto na cosmovisão dos empresários Cristãos.

Nossos princípios

  • O trabalho é um ministério legítimo, dado por Deus por um chamado e vocação, pois Deus quer ocupar espaço não só nos cultos, nas igrejas, mas também nas empresas e empregos.
  • Um empreendedor (empresário ou profissional liberal) pode e deve agir em seus negócios como um ministério, e conduzir pessoas à Cristo.
  • As definições de Missão, Visão e Valores de uma empresa devem refletir a posição e o ministério que Deus chamou cada um para fazer.
  • Toda empresa pode ser uma ‘Empresa do Reino’, uma expressão do Reino de Deus entre os homens. Uma Empresa do Reino precisa ser lucrativa para cumprir seus propósitos.
  • O Reino de Deus é expressado através da Igreja Local, que sai de suas paredes, e que, com outra liturgia, pode agir visando o alcance de pessoas nas empresas e através delas. Empresas também são um campo missionário.

Pilares do Movimento:

  • Empreendedores precisam ser pastoreados dentro e fora da igreja, mas por causa do seu contexto específico, precisam de grupos locais de empreendedores, que não substituem as redes de PGs da Igreja Local, podendo complementá-la.
  • Generosidade e investimento no Reino são consequências naturais, não são o foco dos grupos.
  • Os grupos não devem ter tendências político-partidárias, ou outras que possam fugir ao seus propósitos de pastoreio, discipulado e missão, bem como gerar divisões e polêmicas.
  • Networking sim, “correntes” não. Os grupos locais e o movimento não existem para divulgação de produtos ou serviços de seus membros.
  • Os princípios bíblicos da Oração, Multiplicação de Discípulos, Formação de Líderes, e Compaixão e Graça são inerentes a qualquer grupo bíblica e eclesiologicamente saudável.

O Movimento Elo e as Igrejas Locais.

Para as Igrejas Locais, o Elo oferece:

  • Orientação e suporte para criação de Grupos Locais.
  • Conexão com um movimento nacional, de Empresas e Empresários do Reino.
  • Acesso a conteúdos ricos, bíblicos, e adaptáveis ao contexto local.
  • Conexão com projetos de elevada relevância social e missionária.

Por que Missões Nacionais como parte do movimento?

O papel de uma junta missionária é pesquisar e desenvolver estratégias missiológicas que favoreçam o alcance de grupos missiológicos específicos, e também possam ser aplicadas no contexto da Igreja Local, como tem acontecido com o movimento de Igreja Multiplicadora e suas aplicações com juventude, crianças, surdos e até escolas.

A Junta de Missões Nacionais, como organização missionária que existe há mais de um século, funciona como catalisadora desse movimento, unindo, através de seu networking, as necessidades e oportunidades de modo que, conectados, tudo seja OPORTUNIDADE.

Podemos ajudar os empresários a compreenderem seu chamado e a cumprirem o ministério que Deus os vocacionou a fazer, de cuidar com responsabilidade do Rebanho que está na sua empresa, nos seus clientes, fornecedores e demais relacionados.

Regras de curadoria

A curadoria da comunidade aprovará os conteúdos que:

  1. Não sejam ofensivos e não desconsiderem as regras do grupo, nem sejam agressivas à nenhuma igreja local ou ainda que possuam temas dogmáticos doutrinários;
  2. Não possuam tom político-partidário, ainda que possam fazer análises do contexto social do momento, sem mencionar esta ou aquela opinião polarizada;
  3. Passem por revisão textual da curadoria, incluindo a possibilidade de pequenos ajustes feitos pela curadoria para evitar devolução do mesmo, ou ainda, a devolução do texto ao escritor para correções e futura publicação;
  4. Não objetivem a venda ou promoção exclusivamente pessoal ou de produtos, mas, histórias contadas para inspirar outros, serão consideradas positivas. Neste caso, lembre-se de dar ênfase às coisas que inspiram e não à auto-promoção.

Para a disponibilização de conteúdo pago é preciso

  1. Concordância com os termos de uso da Comunidade;
  2. Concordância com os termo de compartilhamento de conteúdo da Comunidade;
  3. Haver engajamento prévio por parte do público alvo (textos do conteúdo exclusivo devem ser publicados de forma gratuita, para que seja medido o engajamento).

 

Ler conteúdo completo